As escapadas da dieta – Parte 1

As escapadas da dieta – Parte 1

Parando de queimar gordura

Este domingo eu tive um aniversário na família. Como em todo aniversário de parente (ao menos dos meus), cada prato servido corresponte a uma gentileza e deve ser intepretado como um ato de carinho. Não comê-los é uma desfeita. Felizmente, não tinha bolo de aniversário e o prato principal era churrasco, que é totalmente compatível com minha dieta.

No entanto, no decorrer da tarde, veio o substituto do bolo: fondue de chocolate. Não exagerei, mas comi uma boa quantidade de morangos com calda de chocolate. Pelos meus cálculos, comi mais ou menos de 100g de carboidratos entre morango e chocolate.

Em uma análise simplista, 100g é muito pouco, certo? No entanto, é cinco vezes a dose recomendada para quem é sedentário e está em uma dieta low carb visando emagrecer.

A consequência? Parei de queimar gordura (ou seja, saí de cetose).

Em Cetose, 27/07/2012 - 9:51am

Nesta primeira imagem, é possível perceber que a cor rosa indica que o nível de corpos cetônicos (substâncias da classe das cetonas, como a acetona) na urina está próxima a 50mg/dl. O nível de cetonas no sangue (salvo em pessoas diabéticas, que podem ter outros distúrbios que aumentem o nível de cetonas) é geralmente determinado pela taxa de queima de gordura que nosso corpo realiza (vou falar sobre isto mais adiante).

Fora de cetose: 29/07/2012 - 11:01am

No teste realizado algumas horas após a ingesta de cerca de 100g de carboidratos, obtive um resultado muito pior: algo próximo de 10mg/dl.

Em outras palavras: um pequeno desvio me fez praticamente parar de queimar gordura. A pergunta é: quanto tempo levará para eu voltar ao valor anterior? Não perca os próximos capítulos desta série.

Foto do morango: AttributionNoncommercialShare Alike Some rights reserved by Auntie P