O livro que virou minha cabeça

O livro que virou minha cabeça

Why We Get Fat (and what to do about it)

Se eu pudesse recomendar um único livro para as pessoas lerem sobre dietas, seria este livro (infelizmente, não tem versão em português ainda). O mais interessante de tudo é que ele não é um livro de dieta, mas sim o resultado (de forma resumida e fácil de entender) de uma análise detalhada das publicações científicas que baseiam toda a literatura médica no que diz respeito à obesidade e à síndrome metabólica que durou mais de 10 anos.

Este estudo, realizado por Gary Taubes, escritor especializado em ciência, resultou primeiro no livro Good Calories, Bad Calories, de 2007, que também é maravilhoso, mas extremamente longo, detalhado e rigoroso cientificamente. A fim de atingir um público leigo, o autor “destilou” seu conteúdo em um livro menor e de linguagem mais coloquial e que resume os resultados de sua pesquisa, o Why We Get Fat (2011).

O livro explica, entre outras coisas, o histórico das pesquisas sobre dietas, mostra que na verdade, a restrição de carboidratos era a teoria mais aceita pela comunidade médica desde o século XIX, mas que, a partir da década de 1950, após a publicação de  um estudo repleto de falhas de metodologia realizado pelo bioquímico Ancel Keys, uma comissão do senado americano (ou seja, políticos, não médicos), decidiu recomendar uma dieta rica em carboidrato e pobre em gordura.

Além disso, o livro explica como o tecido adiposo (a gordura corporal) é regulado por hormônios como a insulina e por que a teoria de “calorias que entram x calorias que saem” não explica nada sobre a causa da obesidade.

O livro ainda inverte a lógica do senso comum postulando que:

“Não ficamos gordos porque comemos demais, comemos demais porque ficamos gordos”.

Curioso pra saber mais? Na Livraria Cultura há uma edição bem barata do livro, mas que deve ser comprada sob encomenda. E no site do autor, há links para comprá-lo na Amazon e em formatos digitais (Kindle, Nook, audiobook…).

Você pode também encontrá-lo como audiobook na Audible.Caso não entenda inglês (e caso entenda também), você pode acompanhar os posts futuros aqui do Fatopia e também o blog do Dr. Jose Carlos Souto para entender mais sobre os conceitos que o livro aborda.